Artigos Anteriores

A EMBRAER E OS IMPOSTOS

ANO XIV - Nº 007/14 -

EMBRAER

Nesta semana o presidente Lula, usando a sua frenética verborragia, disse, alto e bom som, que estranha o fato de que só empresas estrangeiras compram aviões da Embraer. E arrematou: se as empresas aéreas nacionais fizessem o mesmo as demissões poderiam ser evitadas. Maravilha, não?

NOVIDADE

A primeira reação que a imprensa aberta teve, mesmo diante do impropério, foi endossar a declaração de Lula. Boa parte da nossa sociedade, que repete tudo o que a imprensa diz, ficou perplexa e maravilhada com a novidade informada por Lula.

ISENÇÃO DE IMPOSTOS

Pois, a bem da verdade é preciso dizer e repetir, à exaustão, que a forte razão que impede negócios internos com a Embraer é a carga tributária.Os estrangeiros compram os aviões com isenção de impostos, enquanto as empresas brasileiras são taxadas com uma carga tributária impressionante.

PALIATIVO

Lula deveria ser advertido do problema antes de dizer as bobagens que alegrou muita gente despreparada. Dar subsídio à Embraer, como Lula e os sindicatos querem é paliativo. Redução definitiva da carga tributária é para sempre. É o que anima o mercado.

BRASIL AFETADO

A cada dia que passa fica mais complicada a afirmação de que o Brasil não será muito afetado pela crise global. O desfile diário dos números da atividade industrial de todo o país, com piora constante, é uma pista de como estamos nos preparando para este campeonato mundial de perdas globais.

POVO INFLUENCIADO

O povo brasileiro, por enorme influência dos sindicatos e da imprensa, principalmente, só reclama da onda de desempregos. Com baixo nível de raciocínio não entende que a maior razão das dispensas reside na nossa falta de competitividade e na adoração que temos por pagar altos impostos. Em suma: somos um país de masoquistas.

VOCAÇÃO PARA SER POBRE

Sei que não tenho poder algum para decidir. Mas tenho todo o direito de advertir. Da forma como estamos tratando a crise, sem reformas adequadas, alta burocracia e invejável corrupção, não demora muito para entrarmos, de cabeça, na disputa do título das Nações em recessão. Espero que o alerta feito pelo diretor-gerente do FMI, Dominique Strauss-Kahn fique registrado. Para ele os países pobres poderão passar por uma calamidade econômica e humanitária. Seria, segundo Kahn, a -

TERCEIRA ONDA

da crise financeira. Como não queremos ser um país rico...

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • LIQUIDA PORTO ALEGRE
    A queda na taxa de juros praticada pelo varejo durante o 13º Liquida Porto Alegre incentivou o consumidor da Capital a optar por parcelamentos maiores na hora da compra. Pesquisa feita pela Shopping Brasil para a CDL de Porto Alegre aponta que 42% dos produtos anunciados no crediário, durante 9 de fevereiro e 1º de março, estão enquadradas nesta modalidade, que prevê pagamentos acima de 13 vezes. Em segundo lugar estão as compras a longo prazo (40%), seguidas pelos parcelamentos a médio (12%) e curto (6%) prazos. Na quinzena anterior à promoção, a taxa média de juros observada foi de 5,25%, ou seja, 0,28% a mais do que os 4,93% praticados durante o Liquida.
  • ATIVIDADE INDUSTRIAL
    A atividade industrial no Estado do RS caiu 13,1% em janeiro, na comparação com o mesmo período de 2008. Foi a maior queda da série do Índice de Desempenho Industrial da FIERGS, que iniciou em 1991. Em relação à dezembro, já descontados os efeitos sazonais, a retração chegou a 3,8%.
  • FESTA DA COLÔNIA
    A autenticidade da colonização alemã, italiana e portuguesa com suas danças e músicas, sua culinária e seus produtos típicos, encantarão as centenas de pessoas que virão a Gramado, RS, de 19 de março a 5 de abril de 2009 para ver na Praça das Comunicações o que é a colônia gramadense.É a Festa da Colônia 2009, que será realizada na Praça das Comunicações (ao lado da Rodoviária). A cultura italiana e alemã será festejada com muita originalidade pelas famílias descendentes, que habitam ainda o meio rural e mantém os hábitos e costumes de seus antepassados.
  • ROTEIROS CATARINENSES
    Ao completar três anos de funcionamento, o projeto: DESTINOS DE ROTEIROS INTEGRADOS DE SC, busca novos horizontes ao seguir para o norte e nordeste numa ação pioneira deste Estado onde divulgará seus produtos e destinos no período de 02 a 12 de março de 2009. A CERETUR conta com quinze (15) parceiros, entre hoteleiros, prestadores de serviços e empresas de entretenimento, além da colaboração da Secretaria de Turismo e da Santur-Empresa Oficial do Turismo de Santa Catarina.
  • 12 ANOS
    A Positiva Comunicação e Marketing de Flores da Cunha, RS, completou 12 anos com um conceito que define a estrutura da empresa: A sua comunicação em uma única agência. A data também serviu para lançar o novo site da agência www.agenciapositiva.com.br, em que é possível conferir o trabalho desenvolvido pela Positiva.

FRASE DO DIA

É preciso romper as normas e o sistema para enxergar de um jeito novo e criativo.

A. Winter e R. Winter