Artigos Anteriores

A EDUCAÇÃO E A MATEMÁTICA

ANO XIV - Nº 007/14 -

EDUCAÇÃO

Com um atraso monumental, só nos últimos meses a sociedade brasileira se deu conta de que os governos nunca deram a devida importância à EDUCAÇÃO. Pelo menos é o que dizem as faixas e cartazes de quem foi às ruas para protestar e exigir.

MATEMÁTICA

Pois, mesmo que o povo tenha saído às ruas para exigir mais EDUCAÇÃO, a maioria absoluta dos brasileiros continua dizendo que não gosta de MATEMÁTICA. Lamentável, porque o desenvolvimento do raciocínio lógico decorre do conhecimento desta matéria.

NOVE EM DEZ

Só para que tenham uma idéia do drama que o Brasil vive, em todas as pesquisas feitas até o presente momento sobre EDUCAÇÃO revelam, categoricamente, que de cada dez brasileiros nove simplesmente não se dão bem com os números. Melhor: não gostam da Matemática.

ALUNOS E PROFESSORES

Como grande parte da população brasileira (atualmente em 200 milhões de pessoas) passou, ou passa, por algum tipo de escola, isto significa que tanto alunos quanto professores engrossam o percentual de pessoas que não aturam a MATEMÁTICA. É, como se vê, um problema e tanto, não?Aliás, a EDUCAÇÃO FINANCEIRA básica, considerada como absolutamente necessária para a formação de qualquer cidadão, sequer faz parte do currículo escolar. Pode?

FALTA DE DISCERNIMENTO

De novo: as pesquisas (científicas) informam que só 10% dos brasileiros (algo como apenas 20 milhões de brasileiros) suportam a Matemática. Isto explica, com todos os requintes, a falta absoluta de discernimento do povo brasileiro. Povo que não desenvolve o raciocínio lógico é uma presa fácil dos seus predadores.

ORÇAMENTO

Ora, diante desta pura e indiscutível realidade, quem se propõe a falar sobre orçamento (tanto público quanto privado) deve saber que não será entendido. A explicação é simples: a maioria absoluta dos brasileiros exige gastos públicos maiores sem entender que despesas públicas são financiadas por impostos. Tudo porque falta o conhecimento da lógica, ou seja, da Matemática.

NA ECONOMIA E NO SOCIAL

Insisto: na economia, a importância da matemática é de tal ordem que quando se fala de produção, de crescimento econômico, de cálculos da renda nacional, de gráficos, etc., é preciso conhecer a matéria.Mais: a importância da matemática também acontece no social, onde a visualização dos problemas e soluções passam sempre pelo conhecimento dos números.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • VITÓRIA
    O Movimento Chega de Mordida, liderado pela CDL Porto Alegre, Federasul, AGV e Movimento Lojista, conquistou, ontem, uma vitória crucial em votação na Assembleia Legislativa do RS. Os deputados derrubaram o decreto nº 46.485 de 2009, por meio do qual o RS optou pela cobrança de Diferença de Alíquota (DIFA) para empresas do Simples. A partir da publicação no Diário Oficial, o pequeno lojista não precisará pagar a DIFA. Ufa...
  • ECOMAC
    O 21º Ecomac Sul, promovido pela Associação dos Comerciantes de Matérias de Construção de Porto Alegre ? Acomac Porto Alegre, juntamente com a Associação Nacional dos Comerciantes de Materiais de Construção (Anamaco) começa amanhã, 12, em Gramado, RS. No Hotel Laje de Pedra.
  • FRANQUEZA
    Uma pergunta: os gaúchos que dependem do ensino público acreditam que vão aprender alguma coisa com os professores que comungam com as ideias do CEPERS? Responda com toda franqueza.
  • OLHOS
    Hoje, o Hospital Banco de Olhos de Porto Alegre ? HBO ? lança a quarta edição da Campanha de Conscientização para a Doação de Córneas -Todo Mundo Merece Ver a Vida-.A campanha deste ano vai destacar que a meta da instituição, em contribuir para zerar a fila de espera de pacientes que necessitam de transplante do tecido no RS, foi cumprida antes do prazo, estabelecida inicialmente para o final de 2014.

FRASE DO DIA

NUMA ESFERA ESTREITA, OS GRANDES HOMENS SÃO RASCUNHO.

N. Bonaparte