Artigos Anteriores

A ECONOMIA DÁ SINAIS DE VIDA

ANO XIV - Nº 007/14 -

AR DA GRAÇA

Depois de permanecer soterrada por vários anos, obra resultante de uma vontade deliberada, planejada e executada pelos governos  Lula/Dilma, a economia brasileira, finalmente, dá sinais de que vai se reerguer. Ainda que a remoção dos pesados escombros, além de custosa é uma tarefa que exige tempo e paciência, o fato é que a confiança está dando o ar da graça.

MATRIZ ECONÔMICA BOLIVARIANA

Pois, gostem ou não, apoiem ou detonem, o fato é que tudo isto só está acontecendo porque o atual presidente Michel Temer, tão logo assumiu o mandato, mandou às favas a Matriz Econômica Bolivariana, responsável direta pela brutal destruição da ECONOMIA (PIB) e, por consequência, de milhões de EMPREGOS. 

CHAPA DILMA/TEMER

Já disse, inúmeras vezes, que JAMAIS votei em candidatos petistas. JAMAIS!!. Assim, nunca precisei ficar envergonhado ou fazer pedido de desculpas, como milhões de brasileiros estão fazendo, por ter contribuído com o CAOS. Portanto, por nunca ter votado no PT não haveria a menor possibilidade de votar na chapa Dilma/Temer.

CONSTITUIÇÃO

Os leitores sabem muito bem que a nossa Constituição, por vários motivos, não conta com o meu agrado. Entretanto, enquanto não for modificada para melhor é extremamente necessário que todos respeitem o que lá está escrito. Ora, como foi a Constituição que determinou que a presidência do país deveria ser exercida por Michel Temer, em caso de afastamento de Dilma ( o que foi confirmado em 31 de agosto de 2016, felizmente) só posso avaliar o seu desempenho através das suas decisões. 

NÃO É LIBERAL

Pois, contrariando os maiores veículos de comunicação do país, me faço presente, confessadamente,  no reduzido bloco daqueles que aprovam o governo Temer. Antes de tudo, porém, sei, perfeitamente, que Temer não é, nunca foi e nunca será adepto do liberalismo. Desta forma estou convencido de que não há como exigir que o presidente tome atitudes e decisões próprias de um liberal. 

MUITA COISA BOA

Entretanto, o fato é que ao longo desses doze meses, para um governante que está fortemente desgastado politicamente, Temer fez muita coisa boa e até inesperada. E promete, pelo que se vê, lê e assiste, a despeito da enorme má vontade de vários meios de comunicação que insistem em não reconhecer, encerrar o seu mandato, em dezembro de 2018, deixando o Brasil mais perto do próspero.

IMPACTO ECONÔMICO

Mais: caso consiga emplacar a Reforma da Previdência, mesmo que o projeto sofra amputações por parte de políticos que adoram o CAOS, o presidente Michel Temer será considerado como o melhor presidente que o Brasil já teve. Não estou aqui desconsiderando as demais Reformas (Tributária, Fiscal, Política, do Judiciário etc.), que são todas importantes e necessárias. Estou me referindo aquela que mais impacta, neste momento, a economia do país, que quer sair do buraco, ou dos escombros.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • IGP-M

    O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) recuou 0,03% na primeira prévia de agosto, ante redução de 0,95% no mesmo período de julho, segundo informa a FGV. Com o resultado, o índice acumula recuo de 2,68% no ano e redução de 1,83% em 12 meses.

  • CAGED

    De acordo com os dados do Caged, em julho houve a criação líquida de 35,9 mil vagas de emprego formal, resultado bastante acima do esperado por nós (zero) e pelo mercado (pesquisa do Broadcast mostrava a mediana em 5,5 mil, com as estimativas entre -25 mil e + 30 mil vagas). Esse foi o quarto mês consecutivo de saldo líquido positivo.

FRASE DO DIA

A ambição universal do homem é colher o que nunca plantou.

Adam Smith