Artigos Anteriores

A CULPA É SÓ DOS GOVERNANTES

ANO XIV - Nº 007/14 -

JURAMENTO

Antes que alguns leitores classifiquem os meus editoriais como pessimistas preciso fazer um juramento: escrever sobre inflação em alta; despesas de governo para lá de excessivas e sem controle; e, por consequência disso tudo, a nossa carga tributária é muito elevada, não me faz nem um pouco feliz.

REPUTAÇÃO

Aliás, nem preciso provar que não sou pessimista. Afinal, o governo, através de uma administração pública altamente burocrática, equivocada e incompetente, impede que a minha reputação fique prejudicada. Isto, sem levar em consideração algo que muito me apavora: a educação pública é falha, a segurança é pífia e a saúde deficiente. Coisas fundamentais que o governo também não corrige.

ECONOMIA A PERIGO

Não sinto, portanto (faço questão de frisar), prazer algum quando chamo a atenção sobre as questões que levam a nossa economia a perigo, face ao absurdo aumento de despesas públicas. Cujo efeito faz com que os brasileiros deixem de ser cidadãos, para se transformarem em exclusivos pagadores de impostos.

VACA NO BREJO

Mas, deixando de lado estas observações, o fato é que a inflação, depois de muito tempo adormecida, voltou. E com muita força. Tudo porque o governo fez só a reforma macro-econômica. Se foi bom para o país, como realmente aconteceu, a falta das outras reformas está levando a vaca brasileira para o brejo. Que, aliás, é o lugar que sempre foi dela.

INDUZIDO AO ERRO

Infelizmente, aqueles que sabem o que é causa e o que é conseqüência são poucos. Inclui-se aí, lamentavelmente, muitos comunicadores que trabalham nas principais mídias abertas. Assim, o povo fica prejudicado, pois, com má informação, além de desconhecer o que realmente se passa, ainda é induzido ao erro.

DESCONHECENDO AS CAUSAS

Vejam, por exemplo, a reação apresentada pela mídia diante do aumento das tarifas de transporte público. Por se recusarem a conhecer as causas que estão levando as concessionárias a reajustar os preços das tarifas, preferiram incitar o povo dizendo que o reajuste é abusivo. Pronto.

TUDO VAI PARA A TARIFA

Quando os trabalhadores vão às ruas, instigados pelos sindicatos, pretendendo aumento de salários, poucos entendem que, qualquer que seja o reajuste, a conta vai para o preço das tarifas. Assim como vão, também, os aumentos de toda a cadeia produtiva. A economia é assim. Só falta o entendimento.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • INADIMPLÊNCIA
    Em janeiro, o Índice de Inadimplência do Consumidor avançou 24,8% em relação ao mesmo período do ano anterior, segundo levantamento da empresa de análise de crédito Serasa Experian. A alta foi a maior desde julho de 2002. Que tal?
  • ENDIVIDAMENTO
    O aumento do nível de inadimplência é tão somente a consequência da expansão do endividamento dos consumidores, que cresceu acentuadamente durante todo o ano passado. Eu alertei, seguidas vezes, sobre esta nossa BOLHA. Isto é pessimismo?
  • DÉCIMO TERCEIRO
    Em dezembro, que historicamente a inadimplência recua, considerando que muita gente usa o 13º salário para diminuir o passivo, a queda foi de apenas 3,3%.
  • VER PARA CRER
    O governo anunciou, ontem, que vai cortar R$ 50 bi do orçamento. O ministro Mantega disse que vai doer. O arrocho atinge gastos de custeio, emendas parlamentares e concursos. Você acredita, realmente? Eu não vou me pronunciar para não ser taxado de pessimista.

FRASE DO DIA

Se o vaso não está limpo, tudo que nele se coloca azeda.

Horácio