Artigos Anteriores

A COPA DA ECONOMIA

ANO XIV - Nº 007/14 -

MELHORES JOGADORES

Para participar de uma Copa do Mundo, assunto que está bombando neste momento, nada mais lógico do que os selecionados de cada país participante sejam aqueles que, durante ao período de preparação para o torneio, figurem entre os melhores jogadores, tanto no aspecto físico quanto técnico.

COMPETITIVOS

Os atletas mais destacados, por óbvio, são aqueles que ganham sempre maior espaço na mídia. Com isso tornam seus admiradores mais animados e confiantes, ensejando que suas seleções podem fazer um bom papel em termos competitivos.

SEM PARAR

Se no futebol, cuja importância é praticamente nula no que se refere ao desenvolvimento de qualquer país do planeta, se exige um torneio mundial para definir qual país é o melhor a cada quatro anos, na economia não é assim. A contenda, ou competição, entre todos os países do mundo é diária, semanal, mensal, anual. Sem parar.

INCONTESTÁVEL

Em termos de futebol, como se sabe, o Brasil está colocado entre os melhores do mundo. O retrospecto da nossa seleção, por si só, atesta esta afirmação. Sob qualquer ângulo de visão. Trata-se, portanto, de algo simplesmente incontestável.

GOLEADA

Já em termos de ECONOMIA, SAÚDE, EDUCAÇÃO E SEGURANÇA áreas que realmente importam, por todas as razões, motivos e ângulos de observação, aí, infelizmente, o Brasil tem feito de tudo para mostrar que é um dos menos competitivos. Nos últimos anos, sob o comando petista, com Lula e Dilma a frente, o Brasil tem perdido de goleada. O que nos faz, lamentavelmente, ocupar as últimas colocações.

PIORA

Para confirmar esta verdade, tanto absoluta quanto relativa, vejam que no cenário competitivo internacional, pelo quarto ano consecutivo, o Brasil caiu ainda mais (três posições) no Índice de Competitividade Mundial 2014 (World Competitiveness Yearbook). Estamos, literalmente, na 54º colocação no ranking geral composto por 60 países. Ficamos à frente, apenas, da Eslovênia, Bulgária, Grécia, Argentina, Croácia e Venezuela. Entre 2010 e 2013, o País saiu da 38ª posição no ranking para o 51º lugar. Que tal?

MAIS IMPORTANTE

Pensando bem, nem sei porque resolvi escrever este editorial neste momento. Se a economia nunca figurou como item importante de observação para os brasileiros em geral, neste momento é que não vai produzir qualquer efeito. Enquanto em outros países a economia é o que importa, no Brasil nada é mais importante do que o futebol. Independente de estarmos às vésperas de uma Copa do Mundo. Ainda mais numa Copa do Mundo realizada no Brasil. Foi mal não????

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • PESQUISAS ELEITORAIS
    Dilma, segundo o Ibope, voltou ao nível de 40% de preferência dos eleitores. Isto significa, claramente, que 40% dos eleitores do país querem que a incompetência e a corrupção continuem por mais 4 anos. Pode?
  • A MAIS ENDIVIDADA
    A Petrobrás atingiu no primeiro trimestre o maior nível de endividamento entre as companhias de capital aberto do país desde 2002, segundo informa a consultoria Economática. De acordo com o levantamento, a empresa tem hoje 308,1 bilhões de reais em dívidas, com uma capacidade de cobertura das despesas financeiras de 10,42%.Isso significa que a empresa gera somente 10,42 reais para cada 100 reais de dívida financeira bruta, diz o relatório divulgado hoje.
  • EUA
    As vendas de imóveis residenciais usados nos EUA aumentaram pela primeira vez neste ano, apontou a Associação Nacional de Corretores de Imóveis do país (NAR, na sigla em inglês). Houve alta de 1,3% em abril, para uma taxa anualizada ajustada sazonalmente de 4,65 milhões de unidades, ante 4,59 milhões de unidades em março. (Valor)
  • FAZER O BEM
    Pelo décimo sexto ano, o Instituto da Criança com Diabetes (ICD) realiza a Corrida para Vencer o Diabetes. A prova está marcada para o dia 25 de maio, domingo, com largada às 10h, no Parque Moinhos de Vento (Parcão), em Porto Alegre. (em caso de chuva, ela será transferida)Quem quiser participar da prova ou simplesmente contribuir com o ICD já pode comprar a camiseta da 16ª Corrida para Vencer o Diabetes. -Fazer o bem é a nossa missão- é o lema que estampa a camiseta, que custa R$ 15,00. Aqueles que efetivamente participarem da corrida irão concorrer ao sorteio de dois tablets ao final da prova, desde que estejam usando a camiseta e a medalha entregue na conclusão do percurso de quatro quilômetros.As camisetas estão à venda nas lojas Panvel, na academia Bodytech Mont Serrat (Rua Silva Jardim, 375), nas lojas Natureba (em Gravataí, na Rua Anápio Gomes, 1360; em Porto Alegre, na Rua Vinte e Quatro de Outubro, 525, na Av. Assis Brasil, 2433, e na Rua Silva Jardim, 28) e na sede do Instituto da Criança com Diabetes (Rua Álvares Cabral 529 ? Cristo Redentor). Mais informações no telefone do ICD: (51) 3341-2450.

FRASE DO DIA

PENSAR É O TRABALHO MAIS PENOSO QUE EXISTE. ISTO EXPLICA PORQUE POUCOS O EXERCITAM.

H. Ford