Artigos Anteriores

A BOMBA, ENFIM, EXPLODIU!

ANO XIV - Nº 007/14 -

SEIS SEMANAS

Passadas seis semanas desde a posse de Michel Temer como presidente do Brasil, o que vimos até agora foi um continuado e importante aumento da CONFIANÇA na recuperação da nossa economia. Ainda que o alcance de resultados -positivos- demandem algum tempo, o ar da ESPERANÇA já está contagiando investidores de todos os cantos. 

MATRIZ ECONÔMICA

Fica mais do que evidente que o ânimo dos investidores está intimamente ligado ao que a MATRIZ ECONÔMICA de cada país propõe. Quanto mais LIBERDADE e OPORTUNIDADE conjugadas com menor CUSTO para produzir e vender, mais o investimento ganha atração. 

MATRIZ ECONÔMICA - LEGADO

Vejam que ao adotar a estúpida MATRIZ ECONÔMICA PETISTA-BOLIVARIANA, somada com DOSES CAVALARES DE CORRUPÇÃO, o legado deixado pela criminosa presidente Dilma-Petista não poderia ser mais tétrico: BRUTAL RECESSÃO; altíssima TAXA DE DESEMPREGO e milhares de EMPRESAS e LOJAS fechadas por todos os cantos do nosso empobrecido Brasil. 

CONDICIONADAS ÀS REFORMAS

É certo que o DESENVOLVIMENTO E A PROSPERIDADE que todos esperam estão fortemente condicionados à REFORMAS. Sem elas, é importante que todos saibam ( e se convençam), o BARCO-BRASIL vai continuar afundando.

 

NULAS

ATENÇÃO: - Se o nosso país já se encontra impossibilitado de navegar, por conta das ENORMES DESPESAS QUE O SETOR PÚBLICO CARREGA, sem uma boa e séria REFORMA DA PREVIDÊNCIA E DAS LEIS TRABALHISTAS (para ficar com apenas estas), aí as chances de sairmos desta imensa CRISE são, simplesmente, NULAS.

REDUÇÃO DOS JUROS

Volto a afirmar: a REDUÇÃO DOS JUROS, como parece estar no horizonte do COPOM, certamente contribuirá para o aumento da CONFIANÇA. Entretanto, é bom lembrar que mesmo reduzindo a TAXA SELIC, o ESTOQUE DA DÍVIDA PÚBLICA continuará crescendo, pois a arrecadação de impostos, se nada for feito para reduzir as DEPESAS, está longe de ser suficiente para tornar positivas as CONTAS PÚBLICAS.  

A BOMBA EXPLODIU

O que ainda não parece ter sido percebido pela sociedade, ainda que vários estados já não estejam conseguindo pagar em dia os salários dos servidores -ATIVOS E INATIVOS- é que a BOMBA PREVIDENCIÁRIA EXPLODIU. Ou seja, a explosão que fatalmente aconteceria, caso nenhuma correção fosse feita, já aconteceu. Taí, gente: a BOMBA EXPLODIU! Entenderam bem? De novo: EXPLODIU! 

EMISSÃO DE MOEDA

O forte estrondo só não foi mais impactante nas contas da União porque o governo central tem o poder de emitir títulos para financiar os ROMBOS. Nos Estados, no entanto, por estarem impedidos de emitir títulos de dívida, as folhas de pagamento já não têm como serem honradas. Como se vê, as folhas salariais dos servidores ativos e inativos já ultrapassa, em muitos deles, a própria arrecadação de impostos. Pode? 
 

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • ÍNDICES

    O Índice Geral de Preços – Mercado (IGP-M) subiu 0,16% na segunda prévia de outubro, ante avanço de 0,27% no mês passado, conforme divulgado pela FGV. No ano, o índice acumula aumento de 6,63% e de 8,78% em 12 meses.

    O IPC-Fipe, que mede a inflação na cidade de São Paulo, registrou alta de 0,02% na segunda quadrissemana de outubro, ante baixa de 0,07% na primeira quadrissemana do mesmo mês.
     

  • TAXA DE DESEMPREGO NO REINO UNIDO

    A taxa de desemprego no Reino Unido manteve-se em 4,9% no trimestre até setembro, menor nível desde o terceiro trimestre de 2005, segundo dados publicados nesta quarta-feira.
     

  • CHINA

    Na China, o Produto Interno Bruto teve expansão anual de 6,7% no terceiro trimestre. A produção industrial do país cresceu 6,1% em setembro ante mesmo período do ano passado, mostrando desaceleração após a alta de 6,3% observada em agosto. 

FRASE DO DIA

NUNCA DESISTA!

Winston Churchill