Artigos Anteriores

1ª MINI-SÉRIE DO PONTOCRITICO.COM: GESTÃO PÚBLICA ? CAPÍTULO 1/3

ANO XIV - Nº 007/14 -

REPERCUSSÃO

Ao registrar o perfil ultra-gastador irresponsável de JK, cujos recursos gastos sequer existiam, sabia perfeitamente que muitos leitores se manifestariam a favor e contra as minhas críticas. A maioria, mesmo assim, se mostrou concorde com as minhas posições e alguns até contribuíram com outras mais. Já quem preferiu discordar o fez, principalmente, para dizer que outros presidentes foram tão ou mais irresponsáveis.

MINI-SÉRIE

Perfeito. A existência de outros maus administradores, porém, não tiram qualquer culpa de JK. E só não estão sendo criticados agora porque não tiveram ainda as mini-séries contando suas vidas. Exatamente para mostrar que sempre podemos salvar as próximas administrações públicas, a partir de hoje escrevo, em 3 capítulos, baseado na administração de Rudolph Giuliani, algo que possa melhorar a nossa gestão de recursos públicos.

MANUAL PARA CANDIDATOS

Anos atrás fiz vários comentários a respeito da administração de Rudolph Giuliani, como prefeito de New York. Suponho que muita gente até já tenha lido a sua autobiografia escrita em ? O Líder -. Ainda assim volto a escrever sobre suas sempre oportunas recomendações, necessárias e importantes, para que os candidatos às eleições e também os eleitores brasileiros voltem a reler o livro. Trata-se, pois, de uma obra, repito, muito oportuna para que se tome conhecimento de como gerir uma cidade, estado ou país. Eis alguns pontos que reputo importantes para debates e cobrança aos candidatos:

SOU RESPONSÁVEL

Segundo diz Giuliani, muitos líderes exibem slogans cativantes sobre suas mesas de trabalho e alguns até acreditam neles. Na sua mesa preferiu usar o mote de duas palavras resumido a sua comprovada filosofia: SOU RESPONSÁVEL. Creio que aí está o que todo o governante precisa ser e que todo o eleitor precisa saber a respeito de seu candidato.

DINHEIRO ALHEIO

Diz mais: nos governos opera-se sempre com dinheiro alheio. O líder de uma empresa privada, cujas receitas estejam caindo, não pode exigir que os clientes paguem preços mais altos. Nada impede que preços sejam aumentados, mas da mesma forma nada impede que os clientes passem a comprar menores quantidades ou passem a comprar produtos e serviços de um concorrente. No setor público, contudo, a tentação de suprir as faltas mediante aumento de impostos pode contribuir para a preguiça dos lideres políticos.

OS RECURSOS DOS CLIENTES

Pior ainda: os clientes dos governos ? os cidadãos ? também dispõem de recursos de agir como qualquer cliente insatisfeito. Recorrem, por exemplo, ao mercado informal, a sonegação e até a votar em outro candidato. Os efeitos dessa tendência das autoridades públicas são devastadores. Altos impostos municipais empurram os contribuintes para áreas com menor carga tributária; altos impostos sobre as vendas levam os consumidores a procurar alternativas com menor incidência tributária.

VIAGEM A ISRAEL

O governador Germano Rigotto e uma comitiva gaúcha,formada por empresários visitarão, a convite da direção da Federação Israelita do RS e do governo de Israel, o país em uma missão comercial oficial. A viagem deverá ser na segunda quinzena de maio, depois das eleições em Israel e das comemorações da Páscoa judaica, o Pesach. O governador demonstrou especial interesse em conhecer as técnicas e projetos de irrigação desenvolvidos em Israel, que poderão ser utilizados nos programas de prevenção a possíveis estiagens e no setor de tecnologia, tendo em vistaos pólos tecnológicos e as importantes empresas de informática sediadas no Estado.

ESTADOS IRMÃOS

Nesta quarta-feira, 04, o Governador Rigotto receberá em audiência uma comissão da Amcham onde será tratada a aproximação entre o estado de Indiana (Estados Unidos) e o Rio Grande do Sul (Brasil), considerados estados irmãos a 40 anos.

JOINT VENTURE

O volume de transações envolvendo a compra, a venda ou formação de joint venture de empresas brasileiras caiu em 2005, somando 386 operações contra 415 transações em 2004. Os europeus, em especial os franceses, lideraram as operações. As informações fazem parte do relatório Fusões e Aquisições elaborado pela PricewaterhouseCoopers (PwC) e divulgado hoje DIA 04.

PRÊMIO ASSESPRO

No sábado, 14, os mais novos formandos dos cursos de Ciência da Computação e de Sistemas de Informação da PUC, além de estarem recebendo seus certificados de conclusão de 3º grau estarão também recebendo o prêmio Assespro, que destacará os dois melhores trabalhos de conclusão, desenvolvidos por alunos dos cursos e analisados do ponto de vista da aplicabilidade empresarial. A iniciativa, pioneira da entidade representativa das empresas de Tecnologia da Informação premia também o professor orientador dos trabalhos vencedores. Os agraciados receberão um certificado de reconhecimento da entidade e um prêmio conferido pela empresa patrocinadora do evento, a Processor Alfamídia.

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

FRASE DO DIA

É melhor calar-se e deixar que as pessoas pensem que você seja um idiota, do que falar e acabar com a dúvida.

Desconhecido