CATECISMO DAS ESQUERDAS

TINTAS COM ALTO TEOR DE SEDUÇÃO

Quando os mentores da organização comunista, conhecida como -Foro de São Paulo-, definiram o programa econômico e social para todos os países governados pela esquerda latino-americana (Venezuela, Brasil, Argentina, Bolívia, Equador, Nicarágua, etc.), já estavam plenamente convencidos de que a obra, para alcançar sucesso pleno, deveria ser escrita com tintas de alto teor de sedução.

ANTONIO GRAMSCI

O tal plano -Maquiavélico-, vale lembrar, foi inspirado na obra -Cadernos (ou Cartas) do Cárcere-,  um conjunto de 29 cadernos escritos por Antonio Gramsci ao longo do período que esteve preso, na Itália, entre 1926 e 1937. Digo -Maquiavélico- porque Gramsci escreveu os -Cadernos do Cárcere- baseado na obra -O PRÍNCIPE- de Nicolau Maquiavel, escrita em 1513, que descreve as maneiras de como conquistar e manter-se no poder.

CAPÍTULOS 15 E 16

Observem, por exemplo, o que dizem os capítulos 15 e 16 do livro (O PRÍNCIPE) de Maquiavel:  

- o Capítulo 15 descreve como um príncipe deve proceder ante seus súditos e amigos, explicando que para manter-se adorado é necessário que o líder saiba utilizar os vícios e as virtudes necessárias, fazendo o que for possível para garantir a segurança e o bem-estar.

- o Capítulo 16 explica como o príncipe deve cuidar de suas finanças, para não ser visto como gastador, e levar o povo à pobreza, cobrando muitos impostos para manter-se rico. O autor, Nicolau Maquiavel, diz que o melhor é ser visto como miserável, pois com este julgamento ele poderá ser generoso quando bem entender, e o povo irá se acostumar com isso. Os príncipes que vão junto ao exército atacar e saquear outras cidades devem ser generosos com seus soldados, para que esses continuem sendo fiéis e motivados.

 

CATECISMO DAS ESQUERDAS

Pois, tão logo foi publicada a MAQUIAVÉLICA OBRA de Antonio Gramsci, a mesma ganhou fama e adesão rápida em vários continentes, sendo considerada como o -CATECISMO DAS ESQUERDAS-. Como bem explica Anatoli Oliynik, a obra foi vista como uma forma muito mais potente de realizar o velho sonho de implantar o totalitarismo, sem derramamento de sangue, como ocorreu na Rússia, na China, em Cuba, no Leste Europeu, na Coréia do Norte, no Camboja e no Vietnã do Norte, países estes que se tornaram vítimas da loucura coletiva detonada por ideólogos mentecaptos.
 

ENCERRAMENTO FRENÉTICO

Resolvi escrever sobre o Foro de São Paulo e suas origens porque, entre 15 e 19 deste mês, aconteceu o XXIII Encontro do Foro de São Paulo, em Manágua, capital da Nicarágua, cujo evento teve, no seu encerramento,  manifestações eufóricas de irrestrita solidariedade a Lula e Dilma Rousseff e uma frenética homenagem a Fidel Castro. Uma prova, enfim, do quanto a cegueira ideológica é capaz. 

DOCUMENTO DIVULGADO

No documento divulgado, que extraí -ipsis litteris- do site do PT, diz o seguinte: - os delegados e delegadas presentes no encontro reiteram que Lula é alvo de uma perseguição política e que a sentença do juiz Sérgio Moro é política, pois não havia provas que a sustentassem. Eles ainda defendem que eleições sem Lula são fraude.

GOLPE

Mais:  “Passado um ano do golpe de estado no Brasil, está cada vez mais evidente que assumiu o governo um bando a serviço dos interesses econômicos e políticos da elite brasileira e da burguesia internacional.

É ainda um golpe contínuo e agora se explicitou juridicamente a perseguição política e midiática que vem sofrendo o companheiro Luiz Inácio Lula da Silva há vários anos. Lula recém foi condenado em primeira instância a uma pena de nove anos por supostamente ter recebido um apartamento como presente de uma empresa de construção."

Assine a Newsletter do Ponto Crítico

MARKET PLACE

  • COPOM

     Ontem,  o Copom decidiu, por unanimidade, reduzir a taxa Selic em um ponto
    percentual, para 9,25% a.a., sem viés. 

    O Comitê entende que a convergência da inflação para a meta de 4,5% no horizonte relevante para a condução da política monetária, que inclui o ano-calendário de 2018, é compatível com o processo de flexibilização monetária. Ressalta, também, que a extensão do ciclo de flexibilização monetária dependerá de fatores conjunturais e das estimativas da taxa de juros estrutural da economia brasileira. Mais: entende que a evolução do processo de reformas e ajustes necessários na economia (principalmente das fiscais e creditícias) é importante para a queda das estimativas da taxa de juros estrutural. 

  • INDIGNAÇÃO CORROMPIDA

    Eis o texto de Percival Puggina, com o título: QUANDO ATÉ A INDIGNAÇÃO É CORROMPIDA:

     Um grupo de atores e artistas liderado por Caetano Veloso, criou o blog "342 Agora" e produziu um vídeo convocando a sociedade para mobilizar congressistas a aprovarem o processo contra Michel Temer. Com estudada indignação, proclamam frases como:
    • Ele merece ser julgado pelos crimes que cometeu;
    • Qualquer cidadão que está sob suspeita tem que ser investigado, por que teria que ser diferente com o presidente da República?
    • Eu posso ser investigada, você pode ser investigado, ele tem que ser investigado;
    • Um presidente ser acusado de corrupção passiva, formação de quadrilha e obstrução da justiça, não dá!
    • Agora é deixar de lado nossas diferenças e se juntar por uma causa que é importante: o Brasil.
    • O futuro do Brasil depende de você.

      Tudo muito certo, mas não recordo de ter ouvido qualquer desses senhores e senhoras expressando indignação com os bilhões de reais desviados para contas privadas, para operadores partidários, para dirigentes de estatais com rateios previstos entre partidos, sempre cabendo ao PT a maior quota-parte. Não ouvi um murmúrio sequer que pudesse ser entendido como decepção com o Bolsa Magnatas distribuída a figuras como Eike Batista e os irmãos Wesley e Joesley, com as contas-correntes nas grandes empreiteiras, com o conteúdo das delações que nominam pessoalmente dirigentes do PT, do PMDB, do PP (todos com 13 anos de serviços prestados ao governo petista). Nem um pio deram quando a Petrobras, tendo Dilma Rousseff como presidente do Conselho Deliberativo, fez a negociata de Pasadena, ou quando o BNDES jogou bilhões de reais nossos no poço sem fundo dos comunistas cubanos e venezuelanos, e de ditadores companheiros mundo afora. Uma cortina de silêncio parece encobrir de seus ouvidos o que as delações berram quase todo dia.

      Muito oportunista, portanto, essa empolgação moral. Sobreviveram sem qualquer incômodo através de uma década inteira de falcatruas, de inusitadas fortunas que luziam ante os olhos mais distraídos, de famílias inteiras, como a Da Silva, que saíram do subemprego para o mundo dos grandes negócios. Agora, que a acusação recai sobre o odiado Michel Temer - o primeiro a sentar na cadeira que tinham como sua para sempre - retomam o discurso golpista que grita "Fora!" a qualquer um que apoie o traseiro onde querem sentar.

      Quando o Congresso Nacional, em constitucional e prévio juízo político assim decidir, responda Temer por todos os crimes que tenha cometido. Celebrarei o evento. Mas não venham os irados do blog "342 Agora" com essa indignação de meia boca, hipócrita, corrompida, cuja exclusiva finalidade é atender suposta conveniência de quem comandou o maior esquema de corrupção política da história nacional.

FRASE DO DIA

Não existe falta de tempo, existe falta de interesse. Porque quando a gente quer mesmo, nós fazemos o tempo acontecer.